e-mail enviado ao editor, em 12/08/2009:

Meu caro Léo Christiano,
Você estava, há algumas semanas atrás, nos meus pensamentos e lembranças pela falta de notícias suas. Foi por isso com grande prazer que recebi sua valiosa publicação, 1972 o ano em que a liberdade de imprensa virou notícia.

Falar sobre a censura deveria ser obrigação constitucional de todos os brasileiros bem pensantes, mas você não precisaria de qualquer motivação compulsória para fazer o que tem feito durante toda a vida. Fiquei contente por ter notícias suas através dessa publicação e agradeço a você a gentileza de ter me dado a oportunidade de conhecê-la.

Um abraço amigo
José Mindlin (*)

 
                    
José Mindlin, o "Imortal em dobro", é membro da Academia Paulista de Letras
e da Academia Brasileira de Letras, possuindo a maior biblioteca particular
do país, com cerca de 50 mil títulos.